NPdiário | Suspeitos sobem de 23 para 27 casos e confirmados continuam 9 no Norte Pioneiro

Suspeitos sobem de 23 para 27 casos e confirmados continuam 9 no Norte Pioneiro

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Veja abaixo como usar corretamente a máscara de proteção

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou 18 novos casos e dois óbitos nos municípios de Maringá e Arapongas. O boletim foi divulgado na tarde desta segunda-feira (13).

No NP, prosseguem com nove casos confirmados e investigados: Um em Andirá; cinco em Bandeirantes; cinco em Cornélio Procópio; um em Itambaracá; um em Rancho Alegre; um em São Sebastião da Amoreira; dois em Cambará; um em Conselheiro Mairinck; um em Ibaiti; três em Jacarezinho; quatro em Santana do Itararé; e dois em Santo Antônio da Platina.

No Paraná, Um homem de 52 anos, residente em Maringá, estava internado desde o dia 06/04 e teve a confirmação para a Covid-19 na última sexta-feira (10). Ele veio a óbito neste domingo (12) em um hospital da região. Um senhor de 79 anos, residente em Arapongas, faleceu nesta segunda-feira (13). Ele estava internado desde o dia 07/04, tendo a confirmação para a doença neste sábado (11).

Os 18 novos casos foram registrados nos municípios de: Quitandinha (1), Fazenda Rio Grande (1), União da Vitória (1), Jataizinho (1), Londrina (4), Assis Chateaubriand (1), Apucarana (5), Foz do Iguaçu (3) e Paranavaí (1).

Três casos confirmados em Curitiba foram transferidos. Dois para o município de São José dos Pinhais e um para o município de Colombo. Um caso confirmado de Londrina foi transferido para o município de Marumbi e um caso confirmado em Paiçandu foi transferido para o município de Maringá. De acordo com as investigações, foi confirmado que os pacientes residiam em municípios diferentes de onde foram notificados inicialmente.

DADOS O Paraná soma 768 casos confirmados – 12 não residem no Estado –, 33 óbitos – um não residia no Estado –, 6.390 descartados e 411 em investigação, sendo que 126 pacientes estão internados, 75 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) e 51 em leitos clínicos. No Paraná, 130 pacientes já foram liberados do tratamento. Esse dado não inclui ainda o número do município de Curitiba.

VEJA COMO UTILIZAR CERTO AS MÁSCARAS DE PREVENÇÃO

Para um uso eficiente, são necessárias algumas precauções. O primeiro é ter cuidado ao colocar ou retirar o acessório. Há suspeita que profissionais de saúde na Itália se contaminaram ao remover os Equipamentos Individuais de Proteção (EPI), portanto a orientação é segurar na alça quando for retirar a máscara, evitando contato com a área úmida.

Em seguida, é recomendável lavar a mão. Também é necessário cuidado para não tocar na máscara e no rosto com a mão suja.

Outra medida importante é trocar o equipamento a cada 4 horas ou quando estiver molhado. Portanto, é indicado ter entre 4 e 5 máscaras caseiras em casa, que podem ser lavadas após o uso com água e sabão.

De acordo com os infectologistas, produto artesanal pode ser feito em tecido ou papel, mas neste caso é necessário buscar um material mais resistente, mesmo assim seria descartável. Nos dois casos, o especialista recomenda dobrar o material para formar duas camadas de proteção.

A máscara protege a boca e nariz, contudo também há risco de contágio pela mucosa dos olhos. Por isso, é indicado evitar aglomeração e manter o isolamento social mesmo para quem está de máscara. O infectologista também destaca a importância de não tocar no rosto e olhos e de lavar as mãos com frequência.

 

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas