NPdiário | Bombeiros e PM evitam possível suicídio no centro platinense

Bombeiros e PM evitam possível suicídio no centro platinense

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Motivação da mulher seria passional mas acabou  convencida a desistir 

As ruas Dom Pedro II, Marechal Deodoro e José Bonifácio permaneceram bloqueadas pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros no centro de Santo Antônio da Platina entre 21 e 22h35m desta sexta-feira, dia 12.

Uma mulher de 30 anos, que se hospedou com nome falso no Helena Hotel, após comunicar em rede social que cometeria suicídio por causa de indisposição com o atual convivente, ameaçava se jogar da janela de um dos quartos, cerca de quatro metros de altura do chão, onde funciona um pequeno estacionamento.

Ela dizia que iria atentar contra a própria vida.

Com o isolamento do local, a chegada de parentes, inclusive da mãe, foi se estabelecendo contato verbal com a vítima no intuito de acalmá-la e reverter a situação, o que acabou acontecendo depois de nervosa negociação.

Em seguida, foi encaminhada ao Hospital Nossa Senhora da Saúde para avaliação médica e calmante.

Dois familiares disseram à reportagem que ela já havia tentado o suicídio numa outra ocasião. Outro a acusou de “apenas querer chamar a atenção”.

Sílvia Caroline, proprietária do hotel, informou ao npdiario que ela não aparentava estar drogada ou embriagada.

Em situações como essa, explicou a tenente Ivna Dias, o Corpo de Bombeiros age como mediador de conflitos, “buscando estabelecer vínculo e grau de confiança com a vítima, proporcionando, assim, uma aproximação segura, respeitosa e acolhimento adequado à pessoa em crise”, assinalou.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas