NPdiário | Secretaria apresenta rede aos novos conselheiros

Secretaria apresenta rede aos novos conselheiros

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Um encontro promovido pela secretaria municipal de Assistência Ação Social de Andirá, na manhã desta quinta-feira, dia sete, na sede da prefeitura, teve como meta apresentar a Rede de Assistência Social aos cinco novos conselheiros tutelares, que tomam possam no próximo domingo, dia dez, às nove horas, no Cine Teatro São Carlos. O encontro permitiu esclarecimentos sobre como funciona a Atenção Básica e a Atenção Especial ofertados pelos diversos órgãos que compõem a Rede. “Existe todo um trâmite legal para que as coisas aconteçam, dentro do poder público. Por isso, é importante que eles tenham todas as informações. Tratamos de questões administrativas e também falamos sobre o comportamento do conselheiro na comunidade, que busque ter conduta ilibada, se policiar em locais públicos, pois são referências na comunidade”, destacou a secretária.
Representantes do Administrativo da Secretaria, do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), Casa da Criança, Conselho da Criança e do Adolescente e entidades sociais da comunidade estiveram presentes nesta reunião de acolhida, que começou com a explanação da Assistente Social do município, Glayse Picolo Coimbra Botega, sobre o processo histórico dos serviços de ação social e a importância dos conselheiros conhecerem cada órgão para que desenvolvam os direcionamentos dos trabalhos de forma coerente. Um segundo momento, coordenado pela Chefe de Divisão da Proteção Básica e Especial, Silvane Marcela Mazzur, foi marcado pela análise de conjuntura de cada serviço prestado pela Assistência Social, nos mais diversos setores da proteção básica e especial. Ela falou, também, sobre o processo histórico e a atual política nacional do setor: a Lei Orgânica da Assistência Social, de 1993; o Sistema Único da Assistência Social (SUAS), de 2003; e a Lei, aprovada em 2012.
O Procurador do Município, Murilo Aparecido Correa de Souza, também foi um dos convidados a explanar e orientar os novos conselheiros sobre comportamentos e condutas, na vertente jurídica. “Pedimos que procedessem conforme a moralidade, eficiência, não usar materiais para serviços particulares; não faltarem sem justificativa. Há três tipos de ações para os que não cumprem o trabalho: advertência, punição e destituição do cargo”, alertou. Ele também informou que os conselheiros devem escolher democraticamente o presidente do órgão e, até a realização desta eleição – que precisa ser no prazo máximo de 30 dias – o conselheiro com mais idade assume o cargo. Informações sobre diárias – e a lei empregada em 2015 sobre o tema – também foram explicados durante o encontro que contou, ainda, com a presença da Diretora do Departamento de Relações Humanas – RH, Jaqueline Martins. Ela orientou os conselheiros com relação ao Livro Ponto, Direitos Trabalhistas, Conta Bancária e outros tópicos relacionados.
Na oportunidade também já foi agendada a visita dos Conselheiros aos órgãos integrantes da Rede. Compõem o novo quadro, os seguintes membros: Valéria Santana, Rosimari de Melo Silva, Robson Henrique Barbosa, Paula Vanessa Attuzo, Ronivaldo Visoto.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas