NPdiário | Todo desempenho da Jadlog para atender Black Friday em nível nacional

Todo desempenho da Jadlog para atender Black Friday em nível nacional

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Presidente da transportadora falou sobre promoção 

Entrevista com Bruno Tortorello, presidente da transportadora Jadlog para Guilherme Guerra, do jornal O Estado de S.Paulo, publicada nesta semana.

A transportadora Jadlog encara a Black Friday como um tsunami. No bom sentido: os sete dias seguintes após o alvoroço de compras equivalem a 15 em um mês padrão. Para este ano, os preparativos começaram em junho e envolvem mais pessoal e maior frota disponível para realizar as operações. O desafio, na verdade, está na infraestrutura do País, que encarece o negócio e prejudica varejo, transportadoras e consumidores. A seguir, os principais trechos da entrevista.

Como o bom momento do e-commerce beneficia a Jadlog?

Entre 2017 e 2019, dobramos de operações, calcados no crescimento do e-commerce no mercado B2C (direto para o consumidor), em que de fato a gente colocou mais energia. O B2B (direto para o negócio) vem crescendo a taxas muito parecidas com as da economia, praticamente nada.

Como está a preparação para a Black Friday de 2019?

A gente vem se planejando desde junho. São mais de 1000 pessoas adicionadas na operação, que vai funcionar 24/7 durante três semanas. E serão 1,5 a 2 mil carros em atividade adicional. A gente alugou 10 mil metros quadrados de espaço. Além disso, investimos R$ 8 milhões em inovação e incremento de frota. Existe todo um envolvimento para dar vazão a esse tsunami que vai passar nos próximos dias.

Qual o peso da Black Friday no negócio da Jadlog?

A semana é o equivalente a 15 dias de operações em um mês padrão. Estamos falando de fazer em um dia algo que você faz em dois ou três. É desafiador.

O que vem por aí nos próximos anos?

Trazer o predict, que é avisar o consumidor qual a janela de entrega para que a pessoa não espere o dia todo. E há a opção de interagir, optar por não receber naquele dia, direcionar para um ponto pickup, agendar para outra data. Isso atende aos anseios do consumidor de estar no controle do processo e diminui os insucessos de entrega. E vamos investir algo como R$ 20 milhões em tecnologia, mecanização e renovação de frota. Olhando para frente, o e-commerce no mínimo vai dobrar de tamanho até 2023. E vai exigir muito investimento.

Qual é o papel da infraestrutura do Brasil nesse cenário?

Temos uma dependência grande do modal rodoviário, com estradas bastante precárias e inseguras. Isso traz duas coisas: prazos (de entrega) mais alongados do que poderiam; e custos maiores, porque você roda com um caminhão em estradas esburacadas e tem custo de manutenção maior. A gente paga caro por essa ineficiência de infraestrutura no País.

PARA ATENDIMENTO DA REGIÃO :

Santo Antônio da Platina, telefone: (43) 3534-2761 ou (43) 3534-2063, Rodovia BR-153, KM 42,8 nº 1597, Jardim Mascaro.
saplog.sap@jadlog.com.br

PARA ATENDIMENTO NA REGIÃO DO VALE DO IVAÍ:
Apucarana – PR, telefone: (43) 3033-3408 ou (43) 3424-6003, Rua Talita Bresolin, nº 461.
vadlog.apu@jadlog.com.br

Para maiores informação e rastreamento de sua encomenda www.jadlog.com.br
#jadlog

Veja também: https://npdiario.com/economia/jadlog-abre-unidade-e-investe-forte-no-norte-pioneiro/

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas