NPdiário | PP apoia Ratinho mas não participa do governo, diz Ricardo

PP apoia Ratinho mas não participa do governo, diz Ricardo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Ele trabalha atualmente alinhavando demandas paranaenses no Orçamento de 2021 

Seis vezes deputado federal Ricardo Barros  (fotos), ex-ministro da Saúde, vice-líder do governo no Congresso, recebeu o npdiario nesta semana na sede estadual do seu partido, o Progressistas, na Rua Eurípedes Garcez do Nascimento, bairro Ahú, em Curitiba. A presidente do PP é a filha de Barros, deputada estadual Maria Victória. A esposa é a ex-deputada e ex-governadora Cida Borghetti.

O parlamentar de 60 anos se mostrou disposto e animado respondendo as perguntas objetivamente. Declarou que os correligionários e ele apoiam a gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior, “mas não integramos e nem vamos fazer parte do governo”, ressaltou. Na Assembleia Legislativa, deputados pepistas Maria Victória, Gilberto Ribeiro e Luiz Carlos Martins são da base. 

“Acho que o Ratinho está indo bem, sem problemas”, assinalou o também empresário e engenheiro civil.

A legenda vai lançar nomes para uma das três vagas ao Senado na disputa que será realizada em 2022. Ele admitiu que, embora seja cedo, há possíveis pré-postulantes, como ele próprio, Cida e Marcelo Belinati, “ainda tem muito tempo pela frente”, disse na sequência.

Adiantou estar trabalhando com o ministro da Economia Paulo Guedes na formatação do Orçamento da União em 2021. O político tem expertise no assunto e pretende incluir na peça demandas paranaenses.

Segundo informações de Brasília, assumirá como novo líder do governo na Câmara dos Deputados, no lugar do atual líder, deputado Vitor Hugo (PSL-GO). Prudente, Barros prefere esperar e dizer que respeita o goiano e que o presidente Jair Messias Bolsolnaro, com o qual tem amizade pessoal há décadas, ainda não fez nenhum convite formal.

O parlamentar tem bastante experiência e trânsito nas siglas do Centrão, do qual seu partido faz parte. O PP tem ganhado cada vez mais projeção e espaço dentro do governo Bolsonaro.

Ministro da Saúde no governo Michel Temer, o deputado paranaense ocupou cargos de liderança nos governos de Fernando Henrique Cardoso, Luís Inácio Lula da Silva e Dilma Roussef.

Edinho Vieira, membro da Executiva estadual do PP, acompanhou a entrevista.

Fotos: Valdir Amaral/Especial para o npdiario

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas