NPdiário | Ipês rosas deslumbram e viram atração turística na região (vídeo)

Ipês rosas deslumbram e viram atração turística na região (vídeo)

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Beleza encravada no centro de Santo Antônio da Platina

“Venho todo ano para tirar fotos, é uma árvore linda” , afirma Judite de Sousa Almeida, 48 anos, de Jacarezinho. Ela resume o deslumbramento que platinenses e mesmo turistas que vêm até a cidade para apreciar a floração, que acontece agora, principalmente na avenida Oliveira Motta, no centro de Santo Antônio da Platina.

A floração ocorre de junho a setembro e a polinização é realizada por pássaros e abelhas, Os frutos medem até 50 centímetros e a dispersão é realizada através do vento. As sementes medem de 2,5 a 3 cm de comprimento e são aladas.

ipê-rosa é uma árvore nativa da América do Sul,  por conseguinte às regiões tropicais e subtropicais. Suas flores podem durar até agosto,dependendo de chuva ou frio. As suas numerosas flores são recortadas e na forma de sino.

  • De crescimento bem rápido em regiões livres de geadas (em dois anos ela atinge 3,5 metros), pode atingir até 35 metros. O Handroanthus impetiginosus é originário da Bacia do Paraná. Floresce abundantemente de junho a agosto, e prefere climas mais quentes, porém num Inverno seco e ameno, ela oferece também uma linda florada. Ideal para áreas isoladas, ou paisagismo de grandes avenidas, o Ipê Rosa prefere solos férteis e bem drenados. É largamente empregada no paisagismo em geral por apresentar belíssimas inflorescências de cor rosa. É uma espécie recomendada para recuperação de ecossistemas degradados, sendo considerada promissora para revegetação de áreas contaminadas com metais pesados.
  • A sua madeira é preciosa. É uma espécie famosa com uma história longa do uso humano, usada como medicamento, e é utilizada na medicina alternativa. O ipê contem potássio, cálcio, ferro, bário, estrôncio e iodo. Contem também um potente antibiótico. Possuindo vários nomes populares, ipê-comum, ipê-reto, ipê-rosa, ipê-roxo da mata, pau d’arco-roxo, etc. A madeira às vezes é comercializada como Pau Brasil.

Há também na cidade, em menor número, o ipê-branco (Tabebuia roseoalba). Floresce principalmente durante os meses de agosto-outubro com a planta totalmente despida da folhagem. Os frutos costumam amadurecer a partir do mês de outubro.

Trata-se de um tipo de ipê muito apreciado por sua beleza e exuberância, ficando totalmente branco durante um período muito curto, pois sua floração não dura mais do que dois dias (em geral, por volta do mês de agosto). Às vezes repete a floração por volta de setembro, porém com menor intensidade.

Já a floração do IPÊ AMARELO inicia no final de agosto, a espécie é hermafrodita, a frutificação ocorre entre setembro e fevereiro, dependendo da região, árvores cultivadas começam a se reproduzir com três anos.

O nome específico “albus” decorre do aspecto esbranquiçado que as folhas jovens apresentam.

FOTOS: HENRIQUE GLOVACK E VINÍCIUS MACHADO

VÍDEO:  HENRIQUE GLOVACK

 

 

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas