NPdiário | Cida surpreende e dobra percentual; Ratinho e Osmar continuam na frente

Cida surpreende e dobra percentual; Ratinho e Osmar continuam na frente

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Junior ensaia oposição ao atual governo

A governadora Cida Borghetti (foto), pré-candidata à reeleição, foi a que mais cresceu em termos percentuais na primeira pesquisa eleitoral importante da pré-campanha ao Palácio Iguaçu e possui o maior potencial de aumento entre os pré-candidatos ao governo estadual. Chegou a 10% do IBOPE, sendo que na última indicação tinha 5%.

A sondagem foi contratada pela rádio CBN/Cascavel, o Ibope entrevistou 1.008 eleitores entre os dias 26 e 29 de maio, com margem de erro é de 3% acima ou abaixo e nível de confiança de 95%.

A pesquisa, que custou R$ 94.750,00, está registrada no TSE sob o número PR-07962/2018.

Ratinho, hoje, parece ser oposição e buscar distância do ex-governador Beto e da atual Cida, se equilibrando e mantendo um comportamento de Centro, o que favoreceria o ex-senador do PDT, que  prossegue com a mesma postura desde o segundo semestre do ano passado.Contra.

Há opiniões divergentes nessa análise pontual.

 

Somente 30% disseram que Cida é a governadora e 70% ainda não sabem que ela é a atual chefe do executivo do Paraná.

O senador Roberto Requião (MDB) é o mais conhecido com 71%. Três quintos indicam o mesmo com relação ao ex-senador Osmar Dias (PDT) e proporção semelhante (58%) declaram conhecer bem ou mais ou menos Ratinho Junior (PSD).
Os demais pré-candidatos são mais desconhecidos pelos paranaenses: 86% responderam não conhecer Geonísio Marinho (PRTB), 79% dizem o mesmo em relação à Jorge Bernardi (Rede) e 68% desconhecem o ex-deputado Dr. Rosinha (PT).

Quatro em cada dez (41%) não sabe ou não responderam quem é o atual governador (a) do Paraná e 25% citam o nome do tucano Beto Richa (PSDB), enquanto 4% citam outros nomes.

 

Recorde: https://npdiario.com/imprensa/ratinho-junior-anuncia-futuras-aliancas-politicas/

E também: https://npdiario.com/imprensa/osmar-dias-admite-alianca-com-ratinho-junior/

Metodologia de pesquisa:Pesquisa quantitativa, que consiste na realização de entrevistas pessoais, com a aplicação de questionário estruturado junto a uma amostra representativa do eleitorado em estudo.Plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado; intervalo de confiança e margem de erro.
Representativo do eleitorado da área em estudo, elaborada em três estágios. No primeiro estágio faz-se um sorteio probabilístico dos municípios, onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o eleitorado como base para tal seleção. No segundo estágio faz-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas serão realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para tal seleção.

No terceiro e último estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes são selecionados através de quotas amostrais proporcionais em função de variáveis significativas, a saber: IDADE: 16-24 (masculino) 18% (feminino) 16%; 25-34 (masculino) 22% (feminino) 22%; 35-44 (masculino) 20% (feminino) 21%; 45-54 (masculino) 19% (feminino) 19%; 55 e+ (masculino) 21% (feminino) 23%; INSTRUÇÃO: Até Ensino Médio (masculino) 80% (feminino) 74%; Ensino Superior (masculino) 20% (feminino) 26%; NÍVEL ECONÔMICO: Economicamente ativo (masculino) 78% (feminino) 57%; Não Economicamente ativo (masculino) 22% (feminino) 43%.

Está prevista eventual ponderação para correção das variáveis sexo e idade, com base nos percentuais anteriormente mencionados, caso ocorram diferenças superiores a 3 pontos percentuais entre o previsto na amostra e a coleta de dados realizada. Para as variáveis de grau de instrução e nível econômico do entrevistado, o fator previsto para ponderação é 1 (resultados obtidos em campo). O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 3 (três) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. FONTE DOS DADOS: Censo 2010 | PNAD 2015 | TSE 2016 | Entre outras.

 

Sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo:
Para a realização da pesquisa, utiliza-se uma equipe de entrevistadores e supervisores contratados pelo IBOPE INTELIGÊNCIA PESQUISA E CONSULTORIA LTDA. devidamente treinados para o trabalho. Após os trabalhos de campo, os questionários são submetidos a uma fiscalização de cerca de 20% (vinte por cento) dos questionários aplicados pelos entrevistadores; para verificação das respostas e da adequação dos entrevistados aos parâmetros amostrais.

                       

Dados relativos aos municípios e bairros abrangidos pela pesquisa. Na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada a pesquisa(conforme §6º. do art. 2º. da Resolução-TSE nº. 23.549/2017, Até o sétimo dia seguinte ao registro da pesquisa, será ele complementado com os dados relativos aos bairros abrangidos; na ausência de delimitação do bairro, será identificada a área em que foi realizada):
A área de abrangência da coleta é o Estado do Paraná. A relação das localidades selecionadas para aplicação da amostra será apresentada até o 7º dia seguinte ao registro da pesquisa, conforme expresso no art. 2º, §6º da Resolução 23.549/2017 do TSE.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas