Arruda quer estado de calamidade pública em Cambará – NPdiário