NPdiário | Polícia Civil prende assassino do mecânico

Polícia Civil prende assassino do mecânico

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Jovem matou desafeto a tiros 

A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira, 20, Fabiano dos Santos (Foto principal/ Arquivo npdiario) , 30 anos, acusado de ser executor do assassinato que vitimou o mecânico Rafael Aparecido Luiz (26) no final da tarde do último sábado, na Rua Munhoz da Rocha em Santo Antônio da Platina.
Ainda no sábado, logo após o crime, ação conjunta entre as polícias civil e militar foi presa em flagrante Eliane Ferreira (42 anos) suspeita de ser mandante do assassinato. Testemunhas ouvidas no inquérito relataram que Eliane levou Fabiano até a casa de Rafael em uma motocicleta da marca Honda Biz, de cor branca. Lá, Fabiano desceu e logo sacou a arma de fogo (revólver calibre 22) e abriu fogo contra o desafeto que, mesmo correndo e tentando se esconder em um veículo, foi alvejado com mais três disparos.

O delegado Tristão Antônio Borborema de Carvalho, titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia protocolou na manhã desta segunda-feira um pedido de prisão preventiva (sem prazo) de Fabiano que logo foi deferida pelo juiz Júlio César Michelucci Tanga. A equipe saiu em diligências para capturá-lo, mas acabaram por prendê-lo mediante saída negociada com familiares e advogada do acusado que não ofereceu resistência para sua captura.
                                                      MOTIVAÇÃO
No inquérito policial o delegado ouviu a versão de Eliane e Fabiano.
Segundo o acusado, a ex-convivente, Stephannie (filha de Eliane), o procurou na tarde do último sábado relatando que estava sendo intimidada por Rafael, que vivia maritalmente com ela, mas ultimamente estavam separados. Ainda de acordo com o acusado, Stephannie, após romper com Rafael, passou a se relacionar com ele (Fabiano) novamente, pois, no passado, antes mesmo dela se relacionar com Rafael, já viveram juntos.

Diante da notícia das ameaças, Fabiano se apoderou de sua arma de fogo (um revólver calibre 22) e saiu à procura de rapaz. Neste meio tempo, casualmente, encontrou-se com Eliane (mãe de Stephannie), a qual apenas teria dado carona a ele até a cena do crime. Assim, pela versão de Fabiano, ela desconhecia que ele estaria armado e disposto a matar a vítima.
Segundo a Polícia Civil, Eliane titubeou inicialmente em sua oitiva, negando a carona, mas depois se retratou. Diante da versão considerada frágil e contraditória a polícia a prendeu em flagrante, sendo convertida sua prisão em preventiva pela Justiça da comarca.
A arma de crime ainda não foi encontrada. Segundo Fabiano, após o crime ela a jogou em um riacho. Buscas foram realizadas no local, mas até agora o armamento não foi localizado.
Fabiano segue preso na Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina. Stephannie não foi localizada para ser ouvida.
A polícia tem dez dias para concluir as investigações.

Leia mais aqui: https://npdiario.com/policial/homem-e-assassinado-hoje-tarde-em-santo-antonio-da-platina/

Leia também: https://npdiario.com/noticias-da-regiao/operacao-conjunta-prende-mulher-envolvida-em-homicidio-de-platinense/

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas