NPdiário | Assassino será julgado em Santo Antônio da Platina

Assassino será julgado em Santo Antônio da Platina

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Teria matado desafeto a tiros por motivo infame

Carlos Alberto Padilha da Silva (foto à esquerda),de 23 anos, será julgado por homicídio qualificado na tarde/noite desta terça-feira, dia 26, pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Santo Antônio da Platina.

Ele foi preso no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, pelo Centro de Operações Policiais Especiais (COPE).Em fevereiro de 2017, Cacá, como é conhecido teria matado a tiros Fabiano Gonçalves,32, na Vila Ribeiro, quando tomava cerveja com a esposa no quintal de sua casa, em Santo Antônio da Platina (fotos).
O motivo seria disputa de pontos de tráfico de drogas.
A Polícia Civil platinense já havia prendido Rodrigo Martins, de 30 anos, conhecido como Nonô, suspeito de ser o mentor intelectual do homicídio.O marginal foi julgado e condenado em março último a 21 anos, 10 meses e 15 dias de prisão pelo mesmo crime.Está encarcerado na PEL (Penitenciária Estadual de Londrina).

Leia também: https://npdiario.com/sub-capa/policia-civil-de-curitiba-prende-assassino-de-santo-antonio-da-platina/

E ainda: https://npdiario.com/policial/tribunal-do-juri-condena-marginal-quase-22-anos-de-cadeia/

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas