NPdiário | Polícia Federal prende ex-prefeito de Pinhalão Claudinei Benetti

Polícia Federal prende ex-prefeito de Pinhalão Claudinei Benetti

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Operação “Café Expresso” investiga desvios de recursos públicos de R$ 4 milhões 

O ex-chefe do executivo de Pinhalão Claudinei Benetti (foto), foi preso de forma preventiva durante a execução de uma operação deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira, 3 de dezembro, em Garça, interior paulista.

A operação denominada “Café Expresso” investiga desvios de recursos públicos até R$ 4 milhões, oriundos da União, recebidos pela Prefeitura de Pinhalão para aplicação em obras daquela cidade.

O Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria Geral da União (CGU) colaboraram com as investigações. As ordens judiciais foram expedidas pela 9ª Vara Federal de Curitiba (PR).

De acordo com a PF, o valor foi desviado de um repasse de R$ 13 milhões pagos pela União ao município para obras na cidade, entre 2010 e 2015. O Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria-Geral da União (CGU) colaboraram nas investigações.

Os mandados de prisão foram cumpridos nas seguintes cidades:

Pinhalão – 2 prisões
Pinhais – 1 prisão
Garça (SP) – 1 prisão

A polícia cumpre quatro mandados de prisão e 23 ordens de busca e apreensão em sete cidades de três estados, que foram expedidas pela 9ª Vara da Justiça Federal de Curitiba.

PARANÁ

Pinhalão – 12 ordens de busca
Joaquim Távora – 3 ordens de busca
Tomazina – 2 ordens de busca
Pinhais e Umuarama – 1 mandado em cada cidade.

 

SÃO PAULO – Garça – 3 mandados de busca e apreensão 

MINAS GERAIS – Varginha – Ordem de busca e apreensão

Segundo a PF, a Operação Café Expresso investiga os crimes de fraudes à licitação, peculato, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

São investigados servidores públicos, secretários municipais da época e empresários.

Nos mandados de busca e apreensão foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos.

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas