NPdiário | Polícia prende platinense que estuprava enteada há oito anos

Polícia prende platinense que estuprava enteada há oito anos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Dos sete aos 15 anos 

Próximo ao meio-dia desta sexta-feira, dia 22, as conselheiras tutelares Rosemari Alcântara e Renata Arruda entraram em contato com o delegado Rafael Pereira Gabardo Guimarães relatando grave caso em que uma adolescente de 15 anos estava sendo estuprada pelo padrasto.

A menina, desde os sete anos era ameaçada pelo namorado da mãe dela, inclusive enviando áudios amedrontadores e mandando fotos empunhando uma aparente pistola e munições.

 

Acusado trabalhava na Gera Luz Materiais Elétricos e Instalações e prestava serviço na Toyopar, concessionária da Toyota na av. Frei Guilherme               
Na delegacia, a vítima, acompanhada das conselheiras tutelares, deu declarações para a escrivã Mariana Bugalho e o delegado representou pela prisão preventiva e entrou em contato imediato com os promotores de Justiça, Hugo Leon, e Natasha Scafi, que diligentemente reforçaram o pedido de prisão. Com extrema rapidez o juiz da comarca, Júlio Tanga, decretou a prisão preventiva perto das 15h30m.
Em razão da periculosidade e gravidade do caso, foi pedido apoio da Polícia Militar para cumprimento da prisão, a qual foi realizada perto das 16 horas, sendo a equipe formada pelo Capitão Robson Falk, Delegado Rafael Guimarães, investigador Tiago de Souza, policiais da agência de inteligência (P2), ROTAM(Rondas Ostensivas Tático Móvel) e RPA(rádio-patrulha).

                
Constatou-se que a arma de fogo exibida pelo indivíduo era apenas um simulacro, porém foram encontradas cerca de 25 munições calibre 22, as quais estavam escondidas na casa do irmão do preso. Também foi apreendido canivete e uma faca.
O elemento preso responderá pelos crimes de estupro de vulnerável, posse ilegal de munição e ameaça.O processo, por envolver crime contra dignidade sexual, tramita sob sigilo e o nome das partes não pode ser divulgado por determinação legal.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas