NPdiário | Mesária cai de moto, urna trocada; confira números finais da eleição

Mesária cai de moto, urna trocada; confira números finais da eleição

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Saiba tudo sobre o pleito no município 

A festa nas ruas pela vitória do candidato do PSL à presidência só terminou por volta das 22h10m deste domingo histórico em Santo Antônio da Platina (vídeo acima e fotos).Motocicletas, bicicletas, veículos, a pé, a maioria do eleitorado comemorou com camisas e bandeiras amarelas, alguns mais exaltados com músicas e fogos de artifício.

Uma mesária que trabalhava no Colégio Estadual Ubaldino do Amaral sofreu acidente quando conduzia sua motocicleta na hora do almoço deste domingo, dia 28. Ela sofreu ferimentos leves, foi atendida no Pronto Socorro Municipal e, mesmo assim, retornou depois à tarde para a sessão em que atuava.
O fato impressionou a chefe do cartório eleitoral platinense, Ana Paula Pavanini Navas (foto), que elogiou a moça, “mostrou que é uma pessoa interessada e responsável, uma postura de quem defende a Democracia e merece aplausos”, afirmou.
Ana Paula também informou que apenas uma urna na sessão 77 da Escola Municipal Pedro Claro teve que ser trocada às 9h10m sem nenhuma consequência maior.
O juiz Júlio Tanga e o promotor Diego Coqueiro tiveram uma atuação discreta e competente.
Os dados finais da votação deste domingo no município e do primeiro turno(sete de outubro) são os seguintes:

Compareceram 26.008 eleitores, no primeiro turno 26.072;
votos válidos 24.158 (23.713 primeiro turno);
brancos 579 (871); nulos 1.271 (1.488); abstenções 5.012(4.955);
Jair Messias Bolsonaro teve 16.873 votos (69.084%), sendo que dia sete tinha conquistado 16.873 votos (60.38%) e Fernando Haddad 7.285 (30.16%), e no dia sete alcançou 7.285 (19.34%).

Com 100% das urnas apuradas no Paraná: Jair Bolsonaro (PSL) teve 68,43% dos votos válidos paranaenses, contra 31,57% de Fernando Haddad (PT).

Havia 73 anos o Brasil não escolhia pelo voto direto um militar para ocupar a Presidência da República. Jair Bolsonaro (PSL) é o terceiro oficial do Exército brasileiro a obter assim o cargo. Antes dele, apenas Hermes da Fonseca (1910) e Eurico Gaspar Dutra (1945).

LEIA TAMBÉM:  https://npdiario.com/capa/eleitor-vota-sai-da-sessao-e-morre-em-santo-antonio-da-platina/

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas