NPdiário | Família faz denúncia contra saúde de Barra do Jacaré

Família faz denúncia contra saúde de Barra do Jacaré

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

E enfermeira se defende garantindo que não agiu errado

Os filhos de uma idosa de 67 anos procuraram a Unidade de Saúde de Barra do Jacaré  para terem informações sobre coleta do exame da Covid-19 na última quarta-feira. Quem atendeu, segundo eles, foi a enfermeira Ana Paula, a qual disse não haver necessidade, “são só problemas com alteração da pressão”, teria afirmado então a enfermeira.

Ela aconselhou consultar com a médica para tentar acalmar a mulher dizendo que não estava infectada, mesmo os filhos relatando alguns sintomas.

Na tarde da mesma quarta feira, dia seis, a senhora passou por consulta médica no local e relatou alguns sintomas e a alteração da pressão, mas a profissional seguiu o entendimento da colega, dizendo que não precisaria fazer nada. A doutora receitou remédios para dor de estômago.
Inconformado,  o grupo viajou até Santo Antônio da Platina, onde enfim ocorreu o teste, cujo resultado foi positivo.

Como o teste rápido não é 100% eficaz, podendo apresentar erros, os familiares retornaram à  Barra do Jacaré, para que fosse coletado o PCR da mãe. Der acordo com o relato, a mesma enfermeira na sexta feira, dia oito, disse que iria coletar o exame da idosa e do seu marido de 73 anos, cardiopata, e mais dos seus dois filhos, os quais um estava com sintomas e o outro não.
No entanto, a enfermeira entrou em contato dizendo que só iria coletar do seu esposo, devido o resultado do exame rápido, ainda de acordo com os denunciantes.
Entretanto, acabou sendo coletado o exame do esposo da idosa e do filho que estava sem sintoma algum, ficando de fora da coleta a senhora com problemas pulmonares, hipertensão etc.
“A indignação aumentou quando verificaramos que não havia quaisquer protocolos de distanciamento, as cadeiras todas ocupadas, sem qualquer medida de evitar aglomeração. E ainda, o frasco de álcool gel disponibilizado na entrada completamente vazio”, dizem os denunciantes.

A enfermeira disse ao npdiario  que “tudo será esclarecido , é uma equipe , estamos documentados e nesta terça-feira, dia 12, vamos detalhar todo o caso, inclusive com a secretária municipal de Saúde, para que não fique nenhuma dúvida sobre o nosso profissionalismo e seriedade”.

 

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Comentários

  • Facebook
  • Google Plus

Notícias relacionadas